tumblr_static_tumblr_static_c222nhw62igw044cs80scco48_640

Há muito pouco que sabemos sobre Fen’Harel, pois dizem que ele não se importava com nosso povo. Elgar’Nan e Mythal criaram o mundo como conhecemos, Andruil nos ensinou Os Caminhos Do Caçador, Sylaise e June nos deram o fogo e nos ensinaram a arte da fabricação, mas Fen’Harel se isolou e planejou a traição de todos os deuses. Após a destruição de Arlathan, quando os deuses não conseguiam mais ouvir nossas preces, diz-se que Fen’Harel passou séculos em um canto longínquo da Terra, rindo em desatino e festejando com júbilo.

As lendas dizem que antes da queda de Arlathan, os deuses que conhecemos e reverenciamos lutaram uma guerra sem fim com outros de sua raça. Não há um hahren entre nós que se lembre desses outros: somente em sonhos ouvimos num sussurro os nomes de Geldauran, Daern’Thal e Anaris, pois eles são Os Esquecidos, os deuses do terror e do ódio, da maldade e da pestilência. Na antiguidade, apenas Fen’Harel podia andar sem medo entre os Nossos Deuses e Os Esquecidos, pois, apesar de aparentado aos Deuses Do Povo, Os Esquecidos conheciam sua astúcia e o viam como um dos seus.

E foi assim que Fen’Harel os enganou. Nossos Deuses o viam como um irmão e confiaram nele quando lhes disse que eles deviam permanecer nos céus enquanto ele negociava uma trégua. E Os Esquecidos confiaram nele quando lhes disse que se encarregaria da derrota dos Nossos Deuses, se Os Esquecidos retornassem para O Abismo por um tempo. Eles confiaram em Fen’Harel e foram todos traídos. E Fen’Harel os trancafiou para que nunca mais andassem por entre o povo.

-De A Lenda Do Triunfo de Fen’Harel, assim contada por Gisharel, Zelador do clã Ralaferin dos Elfos Dalishianos.

Agradecimentos à Stella Maris.