2438419-cute1jg

Cavaleiro Capitão Cullen foi um dos poucos templários que sobreviveram ao incidente no Círculo de Magia em Ferelden. O mago de sangue possesso Uldred assumiu o controle da torre e, em sua loucura, a encheu com demônios invocados e abominações. Cullen foi aprisionado, torturado e forçado a assistir o massacre de seus companheiros templários. A provação o abalou, e ele emergiu dela convencido de que até os templários fracassam em ver o quão perigosos os magos podem ser.

Depois que Cullen retornou à suas obrigações, se tornou claro que ele chegaria a qualquer ponto para reforçar os preceitos da Chantria. Seu fervor afligiu o Cavaleiro Comandante Greagoir, que temia ser imprudente deixar Cullen proteger homens e mulheres que ele considerava responsáveis por seu tormento.

Greagoir enviou Cullen para servir sob a supervisão da Cavaleira Comandante Meredith em Kirkwall, esperando que o tempo fora pudesse acalmá-lo, e Meredith achou que a visão de Cullen sobre os magos era similar a sua. De seu grupo, apenas Cullen havia visto o poder potencialmente aterrorizante dos magos em primeira mão, e ela acreditava que ele pudesse influenciar a visão dos outros templários. Cullen subiu rapidamente de posto para se tornar Cavaleiro Capitão e o segundo em comando de Meredith.

Se a guardiã era uma maga em Dragon Age: Origins

Durante algum tempo, circulou nos Gallows um rumor de que o Cavaleiro Capitão Cullen uma vez se apaixonou por uma jovem maga do Círculo de Ferelden. A maga foi recrutada pelos Guardiões Cinzentos e acabou se tornando a Heroína de Ferelden. Esse rumor parece causar dor em Cullen, embora ninguém saiba se é a dor da perda, amor não correspondido ou se Cullen está envergonhado por ter sentimentos por uma maga, entre todas as coisas.

Cavaleira Comandante Meredith sustenta que o rumor é falso e pune qualquer um que for pego repetindo-o.

Traduzido por Mey Linhares.