Thrask

Pai,

Eu sei os sacrifícios que você tem feito para esconder meu segredo, mas eu não sou mais uma criança. Eu não posso sobrecarrega-lo minha vida inteira, com medo de que meu segredo nos destrua. Eu devo viver minha própria vida como uma mulher… e como uma maga. É estranhamente libertador escrever a palavra.

Adeus, pai. Eu espero que um dia você concilie aquilo que te ensinaram com o que aquilo que você viu.

Todo meu amor,

Olivia

Traduzido por Mey Linhares.